Buscar
  • Marcelo Apovian

A diferença entre nós e eles!

Na semana passada fiz uma Live pelo Instagram com um dos melhores treinadores de atletismo do Brasil, Claudio Castilho acabou se especializando em treinar mulheres. A melhor brasileira de maratona da atualidade é treinada por ele e a melhor brasileira da história também. Está lá no @leloapovian

Durante o bate-papo, Claudio comentou duas coisas que me chamaram a atenção. A primeira:

Não existe grandes diferenças físicas entre você e o Usan Bolt ou Serena Williams e Michael Phelps. O assunto é mais mental do que corporal. Para o Claudio, basta ser competitivo ao extremo e você tem chances de chegar onde sonha. Parece simples, mas o caminho é duro, longo, lento e intenso. Mas ao final, só depende de você.


A segunda coisa que me chamou a atenção foi a responda sobre treinar mais mulheres e conseguir melhores resultados com elas. “Lelo, as mulheres suportam mais a dor e são mais disciplinadas. Executam o treinamento com mais precisão”.


Muitos de vocês sabem sobre meu envolvimento com o mundo esportivo, representei o Brasil em duas olimpíadas, quatro mundiais, corro maratona e cada dia tento ajudar no desenvolvimento do esporte no Brasil. Por outro lado, já são mais de 20 anos de vida profissional, trabalhei para empresas nacionais e multinacionais, empreendi, mas o mais importante, desde 2006 sou consultor de recursos humanos, trabalhando com pessoas e para as pessoas. Posso garantir que o mundo esportivo é muito similar ao mundo corporativo, o mundo esportivo é um espelho do que acontece nos escritórios.


O limite de nossa carreira está na nossa cabeça. Claro que tem muitas variáveis incontroláveis, mas ao final, depende mais da gente. Foco, resiliência, determinação, humildade, competitividade. Palavras aplicadas nos dois universos.


Esteja forte, treine e trabalhe duro, se prepare para dar o seu melhor e entregue mais do que as pessoas esperam de você. Fazendo isso ano após ano, suas chances aumentam. Nunca podemos esquecer que ao longo do trajeto teremos notícias ruins, o importante é absorver, aprender, evoluir e ao final, ter mais noticias positivas. Assim subimos na escada da vida.


Sobre a força das mulheres, o momento que vivemos já diz muito. No passado tinha o ditado “por traz de um grande homem tem sempre uma grande mulher”. Na verdade quem sempre andou na frente foram elas, os homens é quem não viam a realidade. Com a força e disciplina que o Claudio bem comentou, o mundo é delas e será ainda mais no futuro. Só depende delas.


64 visualizações

marcelo.apovian@signium.com.br

11 3019 0250

Rua Gomes de Carvalho, 1629

9º andar - São Paulo, SP

© 2020 Marcelo Apovian. - Todos Os Direitos Reservados 

Design e Criação: Giovani Castilho

  • instagram
  • linkedin
  • signium (1)